domingo, maio 29, 2016

Visitors` profile and perceptions towards the Guimarães destination pre- and post-ECOC 2012

«The European Capitals of Culture (ECOC) are the most ambitious European cultural partnership project implemented in Europe, if one looks at its scale. In 2012, for the first time in Portugal, a medium size city hosted it. Guimarães was the chosen one. Three years after hosting the ECOC, it is time to access what has changed as a consequence of it in terms of visitors` profile and city attributes perceptions. Primary data sources were used, gathered through surveys conducted to the Guimarães tourists in the ex-ante (2010/11) and post-event periods (2015). In analytical terms, we made use of statistical methods allowing to put in evidence the similarities or differences found in what regards the visitors’ profiles and perceptions towards the destination attributes, when looking to the two time periods under scrutiny. Looking to the results gotten, we concluded that a change in the Guimarães visitors` profile has verified (more balance between men and women; decrease in the amount of tourists aged from 0 to 25 years old and increase in those aged from 46 to 65 years old; and increase of the tourists endowed of lower schooling levels) and a notorious evolution in what regards the city attributes perceived. One believes that the empirical results attained are a valuable source of information for tour operators and, mainly, to city planning and managing authorities.»  

Paula Remoaldo
Laurentina Vareiro
J. Cadima Ribeiro


(resumo de comunicação a apresentar em 1st AMRS Congress e 23rd APDR Congress, a decorrer em Marraquexe, a 30 e 31 de maio de 2016)

segunda-feira, maio 23, 2016

Revista Portuguesa de Estudos Regionais: 2016, N.º 42

RPER - Revista Portuguesa de Estudos Regionais: 2016, N.º 42 





Este número da Revista Portuguesa de Estudos Regionais (RPER) assinala a passagem de testemunho em termos de direção editorial. Por isso, as primeiras palavras escritas que aqui quero deixar são de agradecimento ao Diretor cessante, o Professor Pedro Ramos, pelo esforço que desenvolveu ao longo de muitos anos em favor do reconhecimento pela comunidade científica da nossa revista, com expressão particular na respetiva indexação na ECONLIT, na QUALIS e na SCOPUS. 

Com o Professor Henrique Albergaria, primeiro, e com o Professor Pedro Ramos, depois, a RPER fez um percurso que não se livrou de passar por algumas dificuldades (nomeadamente, em matéria de angariação regular de artigos com suficiente valor para nela serem publicados) mas que foi sempre de progressiva afirmação na comunidade científica da Ciência Regional e, de um modo geral, entre aqueles que fazem investigação sobre o território e o desenvolvimento local e regional e/ou o trabalham o território segundo diferentes perspetivas.

Essa herança torna mais desafiante a minha missão, agora que me cumpre assumir a liderança deste projeto. Descansa-me a circunstância de saber que poderei contar com o conselho e o apoio dos meus antecessores. Aliás, pese a mudança na assinatura editorial, este número foi, em grande medida, planeado pelo Professor Pedro Ramos, que aceitou continuar associado à RPER como membro do Comité Editorial.

Aparte a mudança de papel editorial do subscritor desta mensagem, cumpre-me deixar registado que foram entretanto integrados no Comité Editorial novos elementos, ligados a instituições de ensino e investigação portuguesas, brasileiras e espanholas, que vieram enriquecer o nosso corpo editorial e alargar-lhe os horizontes em termos de abrangência científica. Esse processo de alargamento não ficou fechado.

Esta orientação de alargar a composição do Comité Editorial e de alargar a abrangência científica da RPER (sem perder a sua matriz de Ciência Regional) é peça da estratégia que se pretende levar por diante de captação de novos autores, nacionais e estrangeiros, e de reforçar a publicação de artigos em língua estrangeira, em especial em inglês. Em associação com esta orientação e com a colocação entretanto concretizada de todos os números da revista (e de todos os artigos) em acesso aberto pleno, espera-se que a RPER passe a ser mais lida e, também, mais citada. A seu tempo, em expressão do progresso que se possa fazer nestas vertentes, se verá se/quando será possível dar passos adicionais em matéria de indexação. A indexação na Web of Science (Thomson Reuters) é a meta prosseguida.

Este número tem para mim um significado especial adicional por nele se incluírem três textos de homenagem a alguém que tem um enorme significado para a Ciência Regional em Portugal, e para mim, em particular, discípulo que sou dele. Refiro-me ao saudoso Professor António Simões Lopes que, modestamente, homenageámos há dois anos, no quadro do Congresso da APDR que se realizou na Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, em Braga. Os textos que lhe são dedicados foram produzidos para esse efeito, e foi com grande alegria que recebi a indicação dos seus autores de aceitação da respetiva publicação na RPER, acendendo ao meu convite.

Num levantamento feito há poucos meses dos artigos publicados na RPER desde a sua fundação, em 2003, até ao primeiro quadrimestre de 2015, pôde concluir-se que os temas mais tratados foram os relativos a “Produtos e Desenvolvimento Turístico”, “Sistemas Produtivos Locais” e “Sistemas Territoriais de Inovação”, por esta ordem de representação (Cadima Ribeiro e Remoaldo, 2015). Porventura, Isso foi expressão da conjugação da influência recebida pelos autores que publicaram na RPER (com largo predomínio de portugueses) daquilo que foram os focos da investigação em Ciência Regional realizada no quadro internacional global e da evolução social e económica de Portugal, onde a competitividade nacional e regional emergiram como restrições maiores, sobretudo desde o início do século XXI.

Admito que esses possam continuar a estar entre os elementos informadores da investigação a realizar em Portugal, e não só, no âmbito da Ciência Regional, no futuro próximo, de que a Revista Portuguesa de Estudos Regionais pretende continuar a ser eco.



J. Cadima Ribeiro



Referências

Cadima Ribeiro, J. e Remoaldo, P. (2015), “Portuguese Publication in the Aim of Regional Science: a Study of the Articles Published in RPER from 2003 to 2015”, Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, Vol. 11, Nº 4 (número especial), pp. 3-26.

terça-feira, abril 19, 2016

"Evaluating the Guimarães 2012 European Capital of Culture: National and International Tourists' Behaviors and Perceptions"

«Abstract:
In 2012, Guimarães hosted the European Capital of Culture (ECOC). An evaluation of this event was needed because public, private, and community funds were involved. This analysis considers tourists as external and independent stakeholders who assessed the cultural activities developed during the event as well as the attributes of the city. The main objectives of the research conducted were to assess the visitors' motivations during the hosting of the Guimarães ECOC 2012, their perceptions towards the city, and if national and international visitors kept different perceptions of it. For 2 months, in the summer of 2012, a survey was applied to 390 visitors. The results revealed that hosting the 2012 ECOC was a major contribution towards attracting new visitors to the city (though many of the visitors stayed only for a short period of time). Based on tourists' perceptions, the tangible heritage was clearly detached from the set of attributes associated to Guimarães, whereas the intangible heritage was less noted. The Portuguese tourists seem to be more prone to value the tangible heritage than the foreign tourists. Overall, Guimarães received a very positive evaluation relating to the city's image and, as stated by tourists, visiting it was declared to be highly recommended. Following the obtained empirical results, the need for changing the city's promoted image emerges, which has been too centered on its tangible heritage. In doing so, it is believed that there will be longer overnight stays by visitors.»

Laurentina Vareiro
J. Freitas Santos
Paula Cristina Remoaldo
J. Cadima Ribeiro

(resumo de artigo entretanto publicado em Event Management, Vol. 20, Nº 1, 2016, págs. 81-97 - 

segunda-feira, abril 18, 2016

"Discussing the posthosting evaluation of a mega sporting event: The perception of Warsaw Residents toward UEFA EURO 2012"

«Abstract
The aim of this paper is to identify Warsaw residents’ perceptions and attitudes toward the UEFA EURO 2012 tournament. The investigation focused on how residents of Warsaw perceived the impacts of the tournament one year after the event. A questionnaire survey was applied using a stratified sampling method to 480 residents of Warsaw. The results of the survey and ordered logit regressions show that although the residents did not perceive that the economic benefits of the tournament were spread uniformly, a large majority valued the tournament’s role in promoting Warsaw as a tourist destination and enhancing the international identity of the city. Whereas residents generally displayed positive attitudes toward EURO 2012 in terms of lifting their pride and bringing the community closer together, they also noted some negative impacts of the event. The opinions expressed about the tournament depended on the age, education, and income of the responders. A majority of the residents agreed that the positive impacts of EURO 2012 outweighed the negative.»


(reprodução de resumo de artigo tornado disponível nesta data, por via eletrónica, no sítio da revista Tourism and Hospitality Research - http://thr.sagepub.com/content/early/2016/04/09/1467358416642009.abstract