domingo, abril 23, 2017

Porto, uma cidade com o turismo em expansão?

A cidade do Porto é uma das mais populosas cidades do país, situada a noroeste de Portugal continental. É um dos destinos turísticos mais antigos e procurados da Europa. O basto património artístico, o conhecido Vinho do Porto, os vastos espaços dedicados ao lazer, a sua vida cultural, as suas pontes e a sua arquitetura contemporânea e antiga são algumas das causas que convidam um turista a visitar a cidade levando esta a ser mundialmente conhecida e admirada.
É certo que esta cidade atrai anualmente milhares e milhares de turistas, encantados por paisagens deslumbrantes junto ao rio, esplanadas agradáveis e o prazer do ar livre que os espaços verdes presenteiam. Mas será certo dizer que esta cidade é detentora de um turismo em expansão?
Sim, claramente! A Invicta tem vindo, nos últimos anos, a revelar-se um destino turístico de excelência, crescendo de forma a proporcionar uma viagem completa a quem lá passa. Segundo o Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), a cidade do Porto fechou o ano de 2016 com um crescimento de dormidas na ordem dos 10,70% em relação ao ano anterior, alcançando uma média de 6,8 milhões de turistas, nacionais e internacionais, valores próximos dos objetivos traçados apenas para 2020. Ainda segundo as mesmas fontes, passaram pelo posto do turismo 308.694 turistas em 2014, 452.322 em 2015 e 530.991 em 2016. O aeroporto Francisco Sá Carneiro atingiu 9.000.000 passageiros a 16 de Dezembro e um total de 9.378.000 passageiros no final de 2016, o que representa um aumento de 13,8% face aos 8.088.000 de 2015. A evolução é ainda mais significativa se compararmos com os 6.932.000 de 2014. 



Todos estes números e estimativas mostram um aumento do número de turistas constante na cidade nortenha, levando a crer um contentamento por parte destes, sendo importante e fulcral para a evolução turística do Porto.
O Instituto de Turismo, em parceria com o TPNP e o Aeroporto do Porto, traçou o perfil do turista que visitou o Porto durante outubro de 2015 a março de 2016 e as conclusões mostram que o valor do consumo médio por turista aumentou consideravelmente de ano para ano. Asiáticos, americanos, europeus, africanos e australianos são alguns dos turistas que chegam ao Porto e que provocam aumentos de vendas nas lojas na ordem dos 20%. Segundo a Lusa, “O volume de vendas aumentou mais ou menos 20%, devido à faixa de clientes internacionais”.
Este aumento deve-se em maior parte à subida de vendas no setor da moda e do famoso vinho do Porto, que tem vindo a ser cada vez mais apreciado pelo mundo. O aumento destes valores valeram à cidade um crescimento no âmbito da economia, emprego, exportações e investimento, tornando o turismo num dos principais setores do desenvolvimento da economia local.
A cidade do Porto voltou a ser, mais uma vez, nomeada como melhor destino turístico Europeu, terceira vez nos últimos cinco anos. Depois de 2012 e 2014, a cidade portuguesa volta a ser a preferida dos turistas em 2017. O destino português competiu com uma lista de 20 concorrentes finalistas ao longo de três semanas de votação online. Os 135 mil votos nesta cidade determinaram um novo recorde, já que o destino mais votado no ano passado (Zadar, na Croácia) não ultrapassou os 54 mil votos. "O Porto é excecional de várias formas (...), e a arquitetura, a cultura, a gastronomia, o comércio, os encontros e a descoberta vão seduzi-lo," lê-se no site da organização, que disponibilizou ainda um vídeo promocional que destaca os atributos do destino turístico.
"A visibilidade que este prémio traz é especialmente útil para o setor do turismo, mas é também uma forma de chamar a atenção para o Porto como oportunidade de investimento e de empreendedorismo", refere Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto e da Associação de Turismo do Porto e Norte de Portugal, em declarações citadas no site do Turismo do Porto.
Depois destas análises podemos referir que a Invicta está na crista da onda do turismo internacional, distinguindo-se como um destino denominado “low cost”. Os estrangeiros chegam até à cidade procurando o que é “genuíno e autêntico”, sendo essa a imagem que o turismo dessa região passa lá para fora para continuar a crescer.

Jorge Mesquita

Bibliografia:
https://www.dinheirovivo.pt/economia/vinho-do-porto-entrou-na-moda-e-as-vendas-crescem-a-dois-digitos/ 
https://www.publico.pt/2017/02/10/local/noticia/porto-eleito-melhor-destino-eurupeu-de-2017-1761590

[artigo de opinião produzido no âmbito da unidade curricular “Património Cultural e Políticas de Desenvolvimento Regional” do curso de Mestrado em Mestrado em Património Cultural, do ICS/UMinho]

Sem comentários: